Avançar para o conteúdo principal

Como criar um Plano Estratégico para o teu Negócio

como-criar-plano-estrategico

 Já abordei aqui no blog algumas das etapas que deves seguir antes de criares o teu negócio, quer seja um negócio físico quer seja um negócio digital. 

+ Como encontrar o meu nicho e o meu público-alvo

A criação de um Plano Estratégico é mais uma dessas etapas.

Se estás a pensar em criar um negócio próprio e não tens um plano estratégico para o teu negócio, estás simplesmente a condenar o teu negócio ao fracasso. 

A criação de um plano estratégico eficiente e eficaz pode significar a diferença entre teres a necessidade de trabalhar mais de 70 horas por semana durante todo o ano (e mesmo assim descobrires que o teu negócio está empatado, ou pior, a perder dinheiro), e seres bem sucedida.

Por outro lado, muitos empresários e empreendedores de sucesso que criaram e implementaram uma estratégia de negócio geralmente trabalham menos horas e geram uma receita e margens de lucro mais consideráveis. Em geral, quem tem sucesso no seu próprio negócio atribui esse sucesso a um plano estratégico.

O que é um Plano Estratégico?

Acho que já percebeste que ter um bom plano estratégico é essencial, mas o que é realmente uma gestão estratégica de negócio?

De forma simples, é um processo em que são definidas as metas e objectivos do teu negócio, e com base nisso é criado um plano de acção para que alcances as tuas metas e objectivos.

A questão que se levanta agora é: Como é que tu podes criar um plano estratégico para o teu negócio?

Eu vou partilhar contigo neste artigo alguns dos passos que deves seguir para criares um Plano Estratégico simples e teres um negócio de sucesso.

Passo-a-passo para criar um Plano Estratégico simples

1) Deves conhecer e ser capaz de descrever em detalhes a visão do teu negócio. Que é a imagem que desejas que o teu negócio tenhas?

2) Qualquer negócio de ter valores e princípios orientadores claros e concisos. Por exemplo, quais são as razões pelas quais estás no negócio?

3) Também seria uma boa ideia criar um plano de 3 a 5 anos. Qualquer negócio deve implementar um plano a longo prazo no qual a base esteja em objectivos amplos que te irão ajudar a levar o teu negócio de onde está hoje para onde tu desejas que ele esteja.

4) Apesar de pensar no longo prazo ser importante, pensar no curto prazo também te ajudará muito no desenvolvimento do teu negócio. Todos os anos deves criar, definir e planear objectivos específicos que, quando alcançados, vão ajudar no caminho para alcançar as tuas metas de longo prazo. Ao definires e planeares as tuas metas anuais lembra-te de elas devem ser "SMART". Esta sigla em inglês significa:

S- Specific 

M- Measurable

A-Attainable

R- Realistic

T- Time-oriented

Ou seja, o teu planeamento deve de incluir os seguinte pontos:

- Ser muito específico;

- Deve ser quantificável;

- As metas devem ser atingiveis (viáveis) e realisticas;

- Certifica-te de que são orientadas para o tempo, ou seja, tenham prazos definidos para serem atingidas.

Incluí uma lista de obstáculos e barreiras te possam impedir de alcançar os teus objectivos. Sejam quais forem os teus objectivos, com certeza vais precisar de recursos para os atingires. Por isso cria e define uma lista dos recursos que já possuis e de outros recursos de que vais precisar para atingires os teus objectivos. Cria também um plano de acção conciso que defina claramente como é que vais realmente alcançar os objectivos necessários.

Salva este Pin no Pinterest!



5) Deves de criar marcos ou referências simples e concisas, que vão definir quando atingires uma meta ou objectivo. Esta é uma parte essencial do planeamento porque vai ajudar-te a avaliar o progresso do teu negócio.

6) Depois de teres o teu plano estratégico elaborado é importante que ele seja compartilhado com todos que estarão envolvidos no processo, caso trabalhes com uma equipa. O teu plano estratégico anual é o roteiro que vai conduzir o teu negócio e todos os envolvidos, aos objectivos que precisam ser alcançados - mas para ser eficaz, todos devem ter os mesmos objectivos e metas, ou o mesmo "destino" por assim dizer. E para isso todos precisam do mesmo mapa.

7) Não adianta ter um plano estratégico bem pensado e estruturado, se não o colocares em acção. Agora já tens um meio para iniciar a tua jornada como empreendedora por isso é obra de pôr mãos à obra!

8) Certifica-te de verificar e comparar regularmente o progresso do teu negócio como os marcos definidos no teu plano estratégico. Assim, se algo correr menos bem no teu negócio, quanto mais cedo descobrires o que correu mal ou o que está a correr mal, mais cedo podes resolver o problema, fazer os ajustes necessários e colocar o teu negócio a pleno gás novamente.

9) Para terminar, certifica-te de que todos os anos, segues exatamente os mesmo passos para criares o teu plano estratégico. Sonha, planeia, executa e verifica. Isto é tudo o que tens que fazer para ter um negócio de sucesso.

Na realidade, criar uma estratégia de negócios e garantir que a segues não se trata apenas de atingir metas e objectivos específicos. O teu objectivo também deve ser garantir que a jornada realizada para atingir esses objectivos seja uma jornada segura e agradável.

Lembra-te sempre que fazer uma viagem segura é tão importante quanto chegar ao destino final.



Mensagens populares deste blogue

10 Trabalhos a partir de casa SEM ser na Internet

Embora a Internet seja cada vez mais utilizada como um meio de trabalho através de casa, ainda há quem prefira desenvolver outro tipo de actividades que não estejam diretamente relacionadas com o mundo virtual. E sim, isso é possível. Vamos falar sobre algumas delas neste artigo.

Para não se esquecer destas sugestões, guarde esta imagem no Pinterest


Pare e pense! Tem algum quarto ou espaço na sua casa que pode ser transformado num atelier ou escritório caseiro? Se a resposta é afirmativa então há um leque variado de actividades que pode desenvolver nesse espaço:
ContabilidadeConsultas WorkshopsExplicações EscolaresAulas de Música/ Pintura/ Costura/ Etc..Atelier de Artesanato / CosturaGabinete de EstéticaConsultoria/Revenda de BelezaOrganizadora de EventosPetsitting ou Grommer (canina)
É claro que antes de avançar para um projecto desse tipo convém avaliar os custos e as suas possibilidades no momento. Podem estar envolvidas algumas obras de melhoria do espaço ou então a aquisição de ma…

Como trabalhar como Assistente Virtual

Se procuras formas de trabalhar em casa, com horários flexíveis, e com um bom rendimento, então trabalhar como Assistente Virtual (AV) pode ser a escolha indicada para ti.
Talvez te estejas a perguntar, o que é uma Assistente Virtual? Neste artigo, vou explicar não só o que é uma Assistente Virtual, mas também que tipo de serviços podes oferecer como AV, o que precisas para ter tornares uma AV e quanto podes ganhar.
O que é uma AV?Uma Assistente Virtual é uma pessoa que presta serviços de apoio a uma empresa, empreendedor ou marca. Como o nome indica estes serviços são prestados de forma remota (ex: a partir de casa) e são geralmente pagos à hora. 
É claro que este tipo de trabalho a partir de casa só é possível devido à evolução tecnológica, que permite que qualquer pessoa que tenha uma ligação à Internet e use o armazenamento na nuvem, preste uma variedade de serviços digitais para empresas sem ter que estar nos seus escritórios físicos.
Que tipo de serviços presta uma Assistente Digita…

Como encontrar o meu nicho e o meu público-alvo

A maioria dos especialistas em marketing dizem que precisas escolher um nicho e um público-alvo. Mas sabes porquê?
Pensa no seguinte exemplo: se tu estiveres a ter uma conversa com um total desconhecido, como é que sabes sobre o que deves falar? A menos que consigas encontrar um ponto em comum, a conversa provavelmente terá vida curta.
Como nenhum de vocês conhece o outro, é preciso encontrar uma maneira de estabelecer uma conexão para se envolverem na conversa.
O mesmo acontece no marketing. Tu precisas criar uma conexão com o teu público, se quiseres que ele preste atenção e fique por perto para descobrir qual é o teu produto ou serviço.
E, para criar essa conexão, tu precisas saber algo sobre eles. Precisas saber que problemas eles têm e como é que podes ajudar a resolver esses problemas. Basicamente, tu precisas ouvi-los e entendê-los.
É por isso que é tão importante escolher um nicho e um público-alvo claramente definido. Depois de escolheres um grupo distinto de pessoas que tu …