Avançar para o conteúdo principal

Como aumentar a tua criatividade como empreendedora

como-aumentar-criatividade


Há uma grande fala no filme "Alice no País das Maravilhas" quando a rainha diz: "Às vezes penso em 6 coisas impossíveis antes do café da manhã." É impossível não concordar que isso deve ser a criatividade no seu melhor!

Como proprietária de uma pequena empresa ou negócio este é um ideal pelo qual realmente precisas de te esforçar! Mas a esta altura deves estar a questionar-te, como é que podes abrir a tua mente para chegar ao ponto em que as idéias surgem?

Espera-se que os pequenos empresários sejam criativos e inventivos. Mas se tens a sensação de que a criatividade não é um dos teus pontos fortes, o que podes fazer para estimular o teu cérebro e dar o pontapé inicial?

Cria uma mente aberta

Existem muitas pessoas com um pensamento muito limitado. O mundo destas pessoas está dentro de uma caixa e nada pode existir fora dessa caixa. Se o jornal diz algo, deve estar certo. Se o José diz que algo é impossível, então ele deve estar certo.

Como proprietária de uma pequena empresa ou negócio, tu não te podes dar ao luxo de ter um pensamento limitado. Tens que ter uma mente aberta.

Cria o hábito de não ter limites e de não ter tabus. Acredita que, com um pouco de foco, podes encontrar uma solução criativa para todos os teus problemas. Esta é a base para o processo de  um pensamento criativo.

Foca-te no futuro

As ideias criativas aparecem sempre quando olhas para o futuro. A sensação de impulsionares-te para a frente e ver o problema resolvido é uma grande motivação. Treina-te para seres focada no futuro, e olha sempre para o futuro, não como uma pensadora tradicional que tenta encontrar respostas no hoje, mas sempre mais à frente.

Anota as tuas ideias

Depois de abrires a tua mente para as alegrias da criatividade, as ideias vão começar a fluir rapidamente, como se alguém tivesse aberto as comportas! Por isso é importante que as anotes assim que elas surgem para que essas ideias não se percam para sempre.

É essencial registares todas as tuas ideias, para isso convém que andes com um pequeno bloco de notas, ou podes como alternativa usar o bloco de notas do teu smartphone. Assim que surgir uma ideia, anota-a. Não importa o quão estranha ela seja, podes sempre pensar melhor nela mais tarde.

Um óptimo sitio para guardar ideias é no Pinterest! Se estás a gostar das dicas neste artigo, guarda esta imagem num dos teus álbuns no Pinterest para consultares sempre que precisares!


Mantém-te organizada

Se és uma pessoa desarrumada, abandona esse hábito! Um escritório confuso levará a uma mente confusa. Não podes esperar que o teu cérebro funcione com eficiência quando tudo o que fazes é lembrá-lo constantemente de como o teu escritório está desarrumado. Para seres criativa, elimina toda a confusão da tua vida e liberta a tua mente.

Segue para a ação

Todos esses pontos que vimos até agora são ótimos, mas só fazem sentido se te levarem a tomar alguma ação. Uma ideia não é nada mais do que um pensamento, a menos que tu tomes alguma ação específica para dar vida a essa ideia.

Consulta com frequência o teu bloco de notas e vê se há "pérolas escondidas" ou ideias que possam ser rapidamente postas em prática. Muitas das tuas ideias podem não ser as melhores, mas pode existir uma ideia que, se usada, mude completamente o teu negócio. Compromete-te totalmente a seguir o maior número possível de ideias.

Não tenhas medo de ultrapassar limites. Como John Stuart Mill disse: “Aquilo que parece o auge do absurdo numa geração frequentemente se torna o auge da sabedoria na próxima.”

Para terminar resta-me fazer-te uma pergunta: Será que podes ser criativa o suficiente para ser descartada como um sonhadora? Não? Então pratica!


Mensagens populares deste blogue

10 Trabalhos a partir de casa SEM ser na Internet

Embora a Internet seja cada vez mais utilizada como um meio de trabalho através de casa, ainda há quem prefira desenvolver outro tipo de actividades que não estejam diretamente relacionadas com o mundo virtual. E sim, isso é possível. Vamos falar sobre algumas delas neste artigo.

Para não se esquecer destas sugestões, guarde esta imagem no Pinterest


Pare e pense! Tem algum quarto ou espaço na sua casa que pode ser transformado num atelier ou escritório caseiro? Se a resposta é afirmativa então há um leque variado de actividades que pode desenvolver nesse espaço:
ContabilidadeConsultas WorkshopsExplicações EscolaresAulas de Música/ Pintura/ Costura/ Etc..Atelier de Artesanato / CosturaGabinete de EstéticaConsultoria/Revenda de BelezaOrganizadora de EventosPetsitting ou Grommer (canina)
É claro que antes de avançar para um projecto desse tipo convém avaliar os custos e as suas possibilidades no momento. Podem estar envolvidas algumas obras de melhoria do espaço ou então a aquisição de ma…

Como trabalhar como Assistente Virtual

Se procuras formas de trabalhar em casa, com horários flexíveis, e com um bom rendimento, então trabalhar como Assistente Virtual (AV) pode ser a escolha indicada para ti.
Talvez te estejas a perguntar, o que é uma Assistente Virtual? Neste artigo, vou explicar não só o que é uma Assistente Virtual, mas também que tipo de serviços podes oferecer como AV, o que precisas para ter tornares uma AV e quanto podes ganhar.
O que é uma AV?Uma Assistente Virtual é uma pessoa que presta serviços de apoio a uma empresa, empreendedor ou marca. Como o nome indica estes serviços são prestados de forma remota (ex: a partir de casa) e são geralmente pagos à hora. 
É claro que este tipo de trabalho a partir de casa só é possível devido à evolução tecnológica, que permite que qualquer pessoa que tenha uma ligação à Internet e use o armazenamento na nuvem, preste uma variedade de serviços digitais para empresas sem ter que estar nos seus escritórios físicos.
Que tipo de serviços presta uma Assistente Digita…

Como encontrar o meu nicho e o meu público-alvo

A maioria dos especialistas em marketing dizem que precisas escolher um nicho e um público-alvo. Mas sabes porquê?
Pensa no seguinte exemplo: se tu estiveres a ter uma conversa com um total desconhecido, como é que sabes sobre o que deves falar? A menos que consigas encontrar um ponto em comum, a conversa provavelmente terá vida curta.
Como nenhum de vocês conhece o outro, é preciso encontrar uma maneira de estabelecer uma conexão para se envolverem na conversa.
O mesmo acontece no marketing. Tu precisas criar uma conexão com o teu público, se quiseres que ele preste atenção e fique por perto para descobrir qual é o teu produto ou serviço.
E, para criar essa conexão, tu precisas saber algo sobre eles. Precisas saber que problemas eles têm e como é que podes ajudar a resolver esses problemas. Basicamente, tu precisas ouvi-los e entendê-los.
É por isso que é tão importante escolher um nicho e um público-alvo claramente definido. Depois de escolheres um grupo distinto de pessoas que tu …