Avançar para o conteúdo principal

4 Regras para novos Empreendedores


Vivemos no melhor momento de sempre para ser empreendedor, porque a tecnologia nivelou o campo de atuação e impulsionou uma revolução empreendedora gigantesca. 

Como empresária, agora tu tens mais acesso a informações que te permitem fazer escolhas mais inteligentes e mais rapidamente. 

Isso dá-te uma vantagem sobre as grandes empresas, porque o teu negócio torna-se mais leve, mais flexível e mais rápido. Dessa forma podes segmentar novos mercados mais rapidamente e também ter lucro mais rapidamente.

Mas ser um empreendedor de sucesso exige que olhes para o quadro geral e sigas um plano do começo ao fim. 

Rieva Lesonsky, editora-chefe da revista "Entrepreneur Magazine", fornece algumas diretrizes práticas que te podem ajudar ao iniciares o teu próprio negócio:

1.Não saias do teu trabalho principal

Considera iniciar o teu negócio em part-time, especialmente se for um negócio online, enquanto ainda trabalhas e tens uma renda estável. 

Geralmente, leva de seis meses a um ano para iniciar um negócio, e tu concerteza não queres que a tua capacidade de pagar a renda e as tuas despesas dependa de que a tua empresa seja um sucesso da noite para o dia. 

Começa com o que tu podes gerir, tanto financeiramente como em termos de tempo, e depois vai aumentando conforme o teu negócio cresce.

2. Encontra o teu nicho

No mercado online, os consumidores geralmente procuram lojas especializadas. Por isso tu precisas encontrar algo que um grupo específico de pessoas queira, mas que não pode encontrar nas grandes cadeias de lojas. 

O conselho de Lesonsky é: "Você não pode competir com os grandes, então você precisa descobrir onde os grandes não estão e entrar nesses nichos."

Descobre como podes encontrar o teu nicho e o teu público-alvo neste artigo.

Se estás a gostar deste artigo e queres mantê-lo à mão, guarda esta imagem ⇩ num dos teus albuns no Pinterest


3. Tenha uma presença online

Mesmo que os teus planos não sejam criar uma loja on-line, é importante entenderes que a Internet pode desempenhar um papel valioso na tua empresa. 

Ter uma presença on-line elimina as limitações de localização física e amplia a tua base de clientes em, literalmente, milhões. 

Também é uma ótima ferramenta para te promoveres e permitir que as pessoas saibam que tu estás lá e o que estás a fazer.

4. Recusa-te a desistir

O empreendedorismo de sucesso requer criatividade, energia e um impulso para continuares quando falhas. 

Poucas pessoas percebem que antes do Bill Gates criar o extremamente bem-sucedido Microsoft 3.0, ele criou o Microsoft 1.0 e o 2.0, os quais fracassaram, mas ele continuou. 

E essa determinação e recusa em desistir é o que separará os empreendedores bem-sucedidos dos fracassados. 

Lesonsky diz: "Arme-se com otimismo para superar o NÃO ou o problema. Não há nada errado no fracasso; simplesmente não repita o mesmo erro!"

Mensagens populares deste blogue

10 Trabalhos a partir de casa SEM ser na Internet

Embora a Internet seja cada vez mais utilizada como um meio de trabalho através de casa, ainda há quem prefira desenvolver outro tipo de actividades que não estejam diretamente relacionadas com o mundo virtual. E sim, isso é possível. Vamos falar sobre algumas delas neste artigo.

Para não se esquecer destas sugestões, guarde esta imagem no Pinterest


Pare e pense! Tem algum quarto ou espaço na sua casa que pode ser transformado num atelier ou escritório caseiro? Se a resposta é afirmativa então há um leque variado de actividades que pode desenvolver nesse espaço:
ContabilidadeConsultas WorkshopsExplicações EscolaresAulas de Música/ Pintura/ Costura/ Etc..Atelier de Artesanato / CosturaGabinete de EstéticaConsultoria/Revenda de BelezaOrganizadora de EventosPetsitting ou Grommer (canina)
É claro que antes de avançar para um projecto desse tipo convém avaliar os custos e as suas possibilidades no momento. Podem estar envolvidas algumas obras de melhoria do espaço ou então a aquisição de ma…

Como trabalhar como Assistente Virtual

Se procuras formas de trabalhar em casa, com horários flexíveis, e com um bom rendimento, então trabalhar como Assistente Virtual (AV) pode ser a escolha indicada para ti.
Talvez te estejas a perguntar, o que é uma Assistente Virtual? Neste artigo, vou explicar não só o que é uma Assistente Virtual, mas também que tipo de serviços podes oferecer como AV, o que precisas para ter tornares uma AV e quanto podes ganhar.
O que é uma AV?Uma Assistente Virtual é uma pessoa que presta serviços de apoio a uma empresa, empreendedor ou marca. Como o nome indica estes serviços são prestados de forma remota (ex: a partir de casa) e são geralmente pagos à hora. 
É claro que este tipo de trabalho a partir de casa só é possível devido à evolução tecnológica, que permite que qualquer pessoa que tenha uma ligação à Internet e use o armazenamento na nuvem, preste uma variedade de serviços digitais para empresas sem ter que estar nos seus escritórios físicos.
Que tipo de serviços presta uma Assistente Digita…

Como encontrar o meu nicho e o meu público-alvo

A maioria dos especialistas em marketing dizem que precisas escolher um nicho e um público-alvo. Mas sabes porquê?
Pensa no seguinte exemplo: se tu estiveres a ter uma conversa com um total desconhecido, como é que sabes sobre o que deves falar? A menos que consigas encontrar um ponto em comum, a conversa provavelmente terá vida curta.
Como nenhum de vocês conhece o outro, é preciso encontrar uma maneira de estabelecer uma conexão para se envolverem na conversa.
O mesmo acontece no marketing. Tu precisas criar uma conexão com o teu público, se quiseres que ele preste atenção e fique por perto para descobrir qual é o teu produto ou serviço.
E, para criar essa conexão, tu precisas saber algo sobre eles. Precisas saber que problemas eles têm e como é que podes ajudar a resolver esses problemas. Basicamente, tu precisas ouvi-los e entendê-los.
É por isso que é tão importante escolher um nicho e um público-alvo claramente definido. Depois de escolheres um grupo distinto de pessoas que tu …