Avançar para o conteúdo principal

Entenda o que é ser Empreendedor e descubra se tem o perfil

ser-empreendedor


Empreendedorismo é sem dúvida uma palavra da moda. Hoje muitas pessoas querem ser empreendedoras mas na realidade não sabem o que isso realmente significa ou o que está envolvido em ser empreendedor. Então vamos entender exactamente o que é o empreendedorismo.

O que é Empreendedorismo?

A palavra empreendedorismo deriva do verbo empreender. Segundo o dicionário da língua portuguesa empreender significa:
  1. Ter intenção ou tomar a decisão de realizar uma tarefa, uma acção ou um empreendimento, geralmente díficil. = INTENTAR, PLANEAR, PROPOR-SE, TENTAR 

  2. Pôr em execução ou dar inicio a uma tarefa, acção ou empreendimento. = LEVAR A EFEITO, REALIZAR
("empreender", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/empreender )

Esta definição ajuda-nos a compreender que qualquer pessoa pode ser um empreendedor e em qualquer área da vida. Basta para isso que esteja decidido a levar a cabo algum tipo de tarefa, acção ou empreendimento. Saber disso é importante, principalmente para aqueles que acham que ser empreendedor não é para eles.

É claro que esta é uma abordagem mais geral ao empreendedorismo. Quando aplicado, por exemplo, à esfera empresarial o empreendedorismo está associado à capacidade de desenvolver novos negócios ou ideias que possam melhorar a performance de negócios já existentes.

Um empreendedor é geralmente alguém inovador, criativo e que tem a capacidade de ver além do óbvio. Importante também é que seja alguém corajoso e resiliente, pois a inovação e a mudança nem sempre são bem aceites. Ainda assim, um empreendedor é certamente alguém importante em qualquer empresa ou organização que queira se destacar na sua área de negócio.

Quem pode ser Empreendedor?

De acordo com o que já vimos até aqui qualquer pessoa pode ser um empreendedor. É verdade que há pessoas que já têm por natureza uma grande capacidade de ter ideias criativas e de pensar em soluções diferentes e inovadoras, seja qual for o problema ou a situação. 

Mas mesmo que esse não seja o teu caso às vezes a única coisa de que precisas para te tornares um/a empreendedor/a é de um bom motivo. Talvez seja interessante leres o artigo 4 Motivos para ser uma Empreendedora. Acredito que se cada um de nós tirar algum tempo para reflectir sobre esta questão, vamos encontrar mais motivos para sermos empreendedores do que para não sermos.

Portanto quer tu sejas homem, quer sejas mulher, quer estejas a entrar agora no mercado de trabalho, quer tenhas uma carreira com vários anos, quer tenhas zero para investir, quer tenhas um bom capital para investir, quer sejas bem novo ou uma pessoa mais madura, quer tenhas muitos ou poucos estudos, TODOS PODEMOS SER EMPREENDEDORES. 

A Importância do Empreendedorismo

O empreendedorismo ou espírito empreendedor é importante em qualquer altura, mas assume um papel de maior destaque quando a instabilidade económica atinge um determinado país. Por exemplo, aqui em Portugal começou-se a falar mais em empreendedorismo numa altura em que o país passava por uma grande crise económica.

Devido a essa crise muitos negócios faliram e milhares de pessoas ficaram no desemprego. Para não terem o mesmo desfecho muitas outras empresas foram obrigadas a reinventar a sua forma de trabalhar, o seu produto ou a sua abordagem aos mercados para se manterem no activo.

Foi nessa altura que muitos descobriram a veia empreendedora que existia dentro deles. Muitos conseguiram assim manter os seus postos de trabalho. Outros conseguiram criar o seu posto de trabalho e ainda criar postos de trabalho para outras pessoas.

Mas a verdade é que não é necessário estarmos em crise para sermos pessoas empreendedoras. Ás vezes basta fazermos uma análise da nossa vida pessoal e profissional, e percebermos onde é que nos encontramos e onde é que queremos chegar. 

Empreendedorismo feminino

Se o empreendedorismo no geral está em alta, também é verdade que o empreendedorismo junto do público feminino também tem vindo a receber cada vez mais destaque. Isto acontece porque cada vez mais se discute a importância do papel da mulher no desenvolvimento das sociedades. Movimentos feministas e de "empoderamento" da mulher lutam para que prevaleça a igualdade entre homens e mulheres em todas as áreas da sociedade, e no empreendedorismo não é diferente. 

Apesar do hype em torno de todos esses movimentos Girl Power o que me levou a criar um blog sobre empreendedorismo feminino foi ter observado a crescente busca por mudança nas vidas profissionais de várias mulheres, principalmente daquelas que são mães.

A busca por uma actividade profissional que lhes permita estarem mais presentes na vida dos filhos e cuidarem melhor da família é cada vez maior. Digo isto com base em conversas que já pude ter com várias pessoas, e também com os pedidos de ajuda com que me deparo muitas vezes nas redes sociais.

Portanto se és mulher e mãe e procuras motivação e ideias para te tornares uma empreendedora estás no sitio certo. Deixa nos comentários as tuas dúvidas ou receios sobre empreendedorismo.

Mensagens populares deste blogue

10 Trabalhos a partir de casa SEM ser na Internet

Embora a Internet seja cada vez mais utilizada como um meio de trabalho através de casa, ainda há quem prefira desenvolver outro tipo de actividades que não estejam diretamente relacionadas com o mundo virtual. E sim, isso é possível. Vamos falar sobre algumas delas neste artigo.

Para não se esquecer destas sugestões, guarde esta imagem no Pinterest


Pare e pense! Tem algum quarto ou espaço na sua casa que pode ser transformado num atelier ou escritório caseiro? Se a resposta é afirmativa então há um leque variado de actividades que pode desenvolver nesse espaço:
ContabilidadeConsultas WorkshopsExplicações EscolaresAulas de Música/ Pintura/ Costura/ Etc..Atelier de Artesanato / CosturaGabinete de EstéticaConsultoria/Revenda de BelezaOrganizadora de EventosPetsitting ou Grommer (canina)
É claro que antes de avançar para um projecto desse tipo convém avaliar os custos e as suas possibilidades no momento. Podem estar envolvidas algumas obras de melhoria do espaço ou então a aquisição de ma…

Como trabalhar como Assistente Virtual

Se procuras formas de trabalhar em casa, com horários flexíveis, e com um bom rendimento, então trabalhar como Assistente Virtual (AV) pode ser a escolha indicada para ti.
Talvez te estejas a perguntar, o que é uma Assistente Virtual? Neste artigo, vou explicar não só o que é uma Assistente Virtual, mas também que tipo de serviços podes oferecer como AV, o que precisas para ter tornares uma AV e quanto podes ganhar.
O que é uma AV?Uma Assistente Virtual é uma pessoa que presta serviços de apoio a uma empresa, empreendedor ou marca. Como o nome indica estes serviços são prestados de forma remota (ex: a partir de casa) e são geralmente pagos à hora. 
É claro que este tipo de trabalho a partir de casa só é possível devido à evolução tecnológica, que permite que qualquer pessoa que tenha uma ligação à Internet e use o armazenamento na nuvem, preste uma variedade de serviços digitais para empresas sem ter que estar nos seus escritórios físicos.
Que tipo de serviços presta uma Assistente Digita…

Como encontrar o meu nicho e o meu público-alvo

A maioria dos especialistas em marketing dizem que precisas escolher um nicho e um público-alvo. Mas sabes porquê?
Pensa no seguinte exemplo: se tu estiveres a ter uma conversa com um total desconhecido, como é que sabes sobre o que deves falar? A menos que consigas encontrar um ponto em comum, a conversa provavelmente terá vida curta.
Como nenhum de vocês conhece o outro, é preciso encontrar uma maneira de estabelecer uma conexão para se envolverem na conversa.
O mesmo acontece no marketing. Tu precisas criar uma conexão com o teu público, se quiseres que ele preste atenção e fique por perto para descobrir qual é o teu produto ou serviço.
E, para criar essa conexão, tu precisas saber algo sobre eles. Precisas saber que problemas eles têm e como é que podes ajudar a resolver esses problemas. Basicamente, tu precisas ouvi-los e entendê-los.
É por isso que é tão importante escolher um nicho e um público-alvo claramente definido. Depois de escolheres um grupo distinto de pessoas que tu …